COMO DEVE SER A GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE PARA 2021

Atualizado: 14 de Mar de 2021

Para a equipe da CQ Consultoria, nortear e agregar quanto as melhorias contínuas e a segurança do paciente é parte da nossa missão.


Criamos novas metodologias de consultorias: remota, presencial, remota/presencial, treinamentos, documentações da qualidade personalizadas para o perfil da instituição (politicas, manuais, protocolos, procedimentos, formulários, ferramentas) e metodologias personalizadas. Todas em prol da implantação da gestão da qualidade e segurança do paciente para atender a necessidade e o perfil atual da instituição no novo cenário.


O mundo da saúde não é mais o mesmo. Os pacientes não são mais leigos nos seus direitos. Novos modelos de processos são necessários.


A pandemia fez com que olhemos para a segurança do paciente de outra forma, entendendo a real necessidade para que os hospitais, clinicas, laboratórios, consultórios e outros setores da saúde, estejam num outro patamar pós pandemia.


A cultura de segurança do paciente na saúde é muito recente e precisa ser fortalecida urgentemente. Um excelente exemplo é o setor de aviação, como do desastre de Tenerife em 1977 que matou quase 600 pessoas, sendo o maior desastre aéreo da história da aviação.

A partir de então, os protocolos de segurança evoluíram significativamente e hoje viajamos de avião de forma tranquila e segura, porque os checklists de segurança estão muito sólidos.

Somente em 1999 o setor da saúde começou a falar claramente em segurança do paciente. Antes não se tinha a consciência de que a mortalidade ou um desfecho inadequado estava por trás de uma falha de processo assistencial.

A Gestão da Qualidade e a Segurança do Paciente são dimensões fundamentais da gestão dos serviços das organizações de saúde.

O paciente procura atendimento eficaz, acolhimento e alcance de suas expectativas e tudo isso são atingidos através da excelência na prestação dos serviços e execução dos processos, bem como da ausência de dano ao paciente.


O coletivo deve estar acima do individual e o centro das atenções não é o médico, o diretor ou o profissional que se destaca e sim o paciente. E todos, em coletividade, devem trabalhar em prol da assistência segura desse paciente.


A Acreditação é uma das ferramentas que levam a busca de resultados de sucesso e a CQ Consultoria está com vocês para ajudá-los nesse momento tão singular para a saúde da população e das instituições.


Porém, conseguir a Acreditação em sua instituição de saúde, apesar de ser um diferencial extremamente positivo, não é fácil, há uma articulação entre as peças chaves das linhas dos cuidados e todos têm que ter um único objetivo, o paciente. É um longo caminho e dizemos que é um caminho sem volta, pois uma vez conquistado o selo da qualidade, ou seja, ACREDITADO ao pé da letra no mercado da saúde, sua instituição passa a segurança no atendimento, na assistência e na sustentabilidade. Todos ganham, o paciente, os familiares, os profissionais, as instituições e os parceiros.

Além da Acreditação ONA, há selos de qualidade como Qmentum, ACSA, JCI, PALC (para laboratórios), entre outros.

A ONA se destaca no Brasil por seguir padrões que se encaixam na realidade do país, que em muito se diferencia dos países europeus ou norte-americanos.

A ONA ajuda, em muito, a trazer a confiança dos pacientes.


Se de um lado a pandemia impôs dificuldades às instituições de saúde, como impactos financeiros, por exemplo, com a estagnação de cirurgias eletivas, a baixa procura aos exames de imagens, aumento de insumos como máscaras e luvas, entre outros, do outro lado houve um grande aprendizado quanto a conscientização dos cuidados e dos riscos impostos aos pacientes, familiares e profissionais. Houve superação e reinvenção dos processos, pois foram exigidos esforços diferenciados e necessidade de novos produtos e serviços. A capacidade de engajamento da equipe multidisciplinar foi o diferencial das instituições corajosas e responsáveis.

As teorias de gestão, que até então eram consideradas secundárias com metas, índices, números, objetivos, passaram a ser essenciais sob a máxima de quem faz a empresa são as pessoas. As pessoas são o bem maior da instituição.


Qualquer CEO ou gestor atual que se furta dessa visão está cometendo um enorme erro.


Seguir adiante com as melhorias dos processos, aprimoramento dos relacionamentos, eficiências operacionais e medição de indicadores com metas mais factíveis e voltadas para o novo momento na saúde, fará a diferença para se manter no mercado em 2021.

Segurança com qualidade e baixo custo.


Baixo custo significa deixar de gastar com custos evitáveis e transformar esse índice em investimentos inteligentes. E para isso a CQ Consultoria está aqui para norteá-los e ajudá-los a pleitear processos seguros e com menores custos.


Nossas premissas:

Objetivo: Melhorar a qualidade da assistência na saúde brasileira para que os cidadãos tenham acesso ao cuidado seguro e humanizado.

Diferencial: Trabalhar incansavelmente cada linha do cuidado desde a admissão até a alta segura do paciente, trazendo a responsabilidade de cada ator envolvido.









55 visualizações2 comentários